Data da publicação

Confira datas comemorativas importantes do mês de julho

03/07 – Dia Internacional das Cooperativas

Com o tema, em 2021, de Juntos Reconstruimos Melhor, o Dia de Cooperar é comemorado anualmente por cooperativas do mundo todo e tem como objetivo impulsionar ações de voluntariado e responsabilidade social. Além disso, a data busca dar visibilidade à importância da solidariedade e resiliência nas ações de enfrentamento da desigualdade e construção de um mundo melhor.

A data é celebrada desde 1923, mas foi somente em 1995, ano do centenário da ACI (Aliança Cooperativa Internacional), que a Assembleia Geral das Nações Unidas a proclamou oficialmente como o Dia Internacional das Cooperativas e estabeleceu sua comemoração anualmente, no primeiro sábado de julho.

08/07 – Dia Nacional da Ciência e do Dia do Pesquisador

Comemorado nacionalmente, o Dia Nacional da Ciência e o Dia Nacional do Pesquisador Científico. A data é importante para dar visibilidade às produções científicas no país e para chamar a atenção da sociedade no geral.

Além disso, no contexto da pandemia, a data ganha ainda mais relevância para o reconhecimento do trabalho de pesquisadores  que desde o aparecimento do vírus trabalharam para encontrar formas de combatê-lo, reduzir sua circulação, e, ainda mais importante, no desenvolvimento de vacinas.

15/07 –  Dia Mundial das Habilidades dos Jovens

Comemorado pela ONU desde 2015, a data lembra a importância de valorizar e ajudar os jovens a aprimorarem suas habilidades para contribuir com o futuro comum. A data é ainda mais importante atualmente, quando muitos adolescentes e jovens estão enfrentando dificuldades no acesso à educação e também ao mercado de trabalho. Em agosto de 2020, uma pesquisa publicada pelo IPEA sobre o acesso à educação remota por crianças e adolescentes evidenciou que alunos do ensino fundamental são os mais afetados, juntamente com os anos iniciais e os anos finais, o que somava mais de 4,35 milhões de estudantes sem acesso, sendo 4,23 milhões de escolas públicas. No ensino médio eram 780 mil adolescentes sem internet em casa.

Nesse sentido tem ainda mais importância iniciativas como o Aprendiz COOPEEB, que busca capacitar jovens e oportunizar um primeiro contato com o mercado de trabalho, auxiliando também em um processo de empoderamento e contato com valores que buscam construir um mundo melhor.

17/07 – Dia de Proteção às Florestas

Em junho, o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) divulgou que uma área de floresta quase do tamanho da cidade do Rio de Janeiro foi desmatada na Amazônia Legal apenas em maio de 2021. No total, são 1.125 km² de desmatamento, o maior registrado em dez anos nesse período.

Neste contexto, datas como  o dia 17/07, que promovem o Dia de Proteção às Florestas ganham ainda mais importância.  A celebração nasceu a partir da exaltação do Curupira, integrante do folclore brasileiro. Conhecido pelos cabelos vermelhos e os pés virados para trás, o personagem sempre foi associado à proteção das matas, resguardando as florestas de caçadores e agressores do meio ambiente.

18/07 – Dia Internacional de Nelson Mandela

A data foi instituída em 2009 pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), simbolizando o dia do nascimento do líder sul-africano, vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 1993 e primeiro presidente negro da África do Sul.

Na luta contra o apartheid (iniciado em 1948 na África do Sul), ficou preso por 26 anos e só foi libertado em 1990 após uma campanha internacional. O apartheid proibia o casamento interracial, obrigava o registro da raça em alguns documentos oficiais, estabelecia regras rigorosas de separação entre negros e brancos em diversos sentidos — moravam em áreas distintas e o acesso às escolas, aos hospitais,  às praças e aos outros serviços era, deliberadamente, diferenciado pela cor.

Quando foi solto, Mandela tornou-se presidente entre os anos de 1994 e 1999. Além disso, Mandela foi um dos responsáveis pela elaboração da nova Constituição Sul-Africana, que pôs fim ao apartheid e implementou um regime democrático multirracial.

20/07 – Dia do Amigo e Internacional da Amizade

Enquanto a ONU comemora o Dia Internacional da Amizade em 30 de julho, alguns países da América Latina têm o dia 20 de julho como o Dia do Amigo/Amizade. No Brasil, o dia 20 é popularmente mais conhecido, fazendo parte do calendário oficial de algumas cidades.

A data foi sugerida na década de 1970 pelo argentino Enrique Ernesto Febbraro, que se inspirou na ida do homem à Lua, simbolizando, para ele, a oportunidade de fazer amigos em outra parte do universo. Adotada oficialmente pelos argentinos desde 1979, a comemoração se espalhou assim por outros países do continente.

22/07 – Dia do/a Trabalhador/a Doméstico/a

No dia 22 de julho comemora-se internacionalmente o “Dia do Trabalho Doméstico”. A data foi firmada há 95 anos, nos Estados Unidos, fazendo referência à luta por condições de trabalho mais justas.

Apesar de os dados apontarem que uma grande parcela da população atua neste ramo, no Brasil, a profissão  foi regularizada apenas em 2013, com a conhecida “PEC das Domésticas” – Lei  150/2015. A profissão é ocupada majoritariamente por mulheres que até 2015 não tinham proteções legais. Com a PEC, alguns dos direitos conquistados foram a irredutibilidade do salário, salário nunca inferior ao mínimo, 13º salário, controle da jornada de trabalho, férias anuais, licença para gestantes, entre outros.

Apesar da garantia de direitos, a categoria ainda enfrenta forte estigma e resistência de empregadores que se negam a cumprir o que foi estabelecido por lei. Além disso, frequentemente surgem casos de empregadores que mantêm empregadas domésticas em situações análogas à escravidão, o que reafirma a importância da data.

30/07 – Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas

Criada em 2013 pela ONU, a data chama atenção para a luta contra o tráfico de pessoas e a importância de promover ações de conscientização principalmente sobre a condição das vítimas dessa situação, que frequentemente são enganadas e tornam-se vítimas do tráfico de pessoas acreditando estar migrando para locais que oportunizarão condições de vida mais dignas.

De acordo com relatório divulgado pela ONU em fevereiro de 2012, cerca de 50 mil vítimas de tráfico foram detectadas em 148 países em 2018. Os alvos preferenciais dos traficantes são os mais vulneráveis, como migrantes e pessoas desempregadas. Além disso, cresceu o número de crianças vítimas de tráfico nos últimos 15 anos, sendo que a proporção de meninos aumentou cinco vezes. Enquanto meninos são mais usados em trabalhos forçados, as meninas são vítimas de tráfico sexual.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Opções de compartilhamento

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x