Data da publicação

Dia C mobilizou turmas do Aprendiz COOPEEB

O Dia C – Dia de Cooperar é uma data celebrada por cooperativas do mundo todo no primeiro final de semana do mês de julho. Já falamos um pouco dela aqui. No Brasil, a data tem ganhado cada vez mais relevância e mobilizado mais cooperativas. Em 2020, de acordo com o SESCOOP/RS, 2226 cooperativas do país promoveram ações de solidariedade na data, beneficiando 7.825.344 pessoas. No Rio Grande do Sul, em 2020 o número de beneficiados chegou a 434.129. 

Ainda não temos os dados de 2021, mas sabemos que aqui, no Aprendiz COOPEEB, as ações aumentaram. Neste ano, realizamos arrecadações de alimentos não perecíveis e agasalhos em três cidades – Porto Alegre, Santa Maria e em Encantado. Além disso, no sábado, 03/07, também financiamos as cestas básicas utilizadas no almoço do Cozinheiros do Bem, um grupo de cozinheiros voluntários que distribui marmitas a pessoas em situação de rua. 

A escolha por alimentos não é por acaso. De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), a fome no mundo vem crescendo nos últimos meses em decorrência da pandemia. Em um relatório recente publicado a instituição destacou que cerca de um décimo da população global – até 811 milhões de pessoas – estava subalimentada em 2020. Além disso, a estimativa é de que cerca de 9,9% entre todas as pessoas tenham sofrido de desnutrição no ano passado, dado que era de 8,4% em 2019. No Brasil, o Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil, realizado pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), indica que nos últimos meses do ano passado 19 milhões de brasileiros passaram fome e mais da metade das casas no país enfrentou algum grau de insegurança alimentar (informações da Agência Brasil).

Neste contexto, ações que buscam minimizar esse cenário ganham ainda mais importância. Em Encantado, a professora do Aprendiz COOPEEB, Franciele Lucca de Lazzari, que coordenou a arrecadação junto com a professora Bábila Sabrina Vian Sartori, percebeu um aumento no número de ações desse tipo “A nossa caixa para arrecadação não era a única deixada no Supermercado Cosuel, mais instituições estavam realizando campanhas. Notamos essa diferença agora com a pandemia”, analisa. Na cidade, as professoras e aprendizes escolheram o Lar da Criança, que atende crianças de 03 a 17 anos, como destino do que foi arrecadado. “Chamamos os líderes de cada turma, criamos um grupo no WhatsApp com esses líderes, onde passamos as instruções da campanha e, por meio disso, eles passaram a divulgar também para os colegas, familiares e outros grupos. Muitos foram para as próprias redes sociais para chamar as pessoas a ajudarem. A entrega foi super legal. Tivemos a oportunidade de conversar e passar o dia com essas crianças e com suas cuidadoras e para os aprendizes essa troca também foi super importante”, conta Franciele.

Por conta das restrições da pandemia, as professoras optaram por reduzir o número de pessoas na ação presencial, por isso os líderes foram os encarregados de representar as turmas. “Foi muito legal porque notamos que os aprendizes estavam muito dispostos para este dia de entrega, pelo envolvimento que tivemos todos com o projeto. No dia, deixamos eles falarem. Eles conversaram com as crianças e coordenaram as atividades do dia. Foi bem emocionante”, relata a professora Bábila.

Para as professoras, a ação foi mais uma concretização de algo que elas trabalham há anos em sala de aula e sempre buscam colocar em prática com os estudantes: a cooperação. “O cooperativismo é aplicado em todas as minhas aulas. Desde um simples trabalho que eles vão desenvolver e eles precisam trabalhar em grupo até a própria disciplina de Cooperativismo, que eu tive o prazer de ministrar por muitos anos. Até no próprio trabalho que eles vão desenvolver, eles precisam ter aquele olhar de compreensão com o outro, para entender que a opinião deles nem sempre é a mais correta e unânime, que ela precisa ser construída com os colegas, que ela acontece na troca”, finaliza Franciele. 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Opções de compartilhamento

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x